• Vivi Bettoni

Oman (Omã) - Um País Surpreendente!

Salaam Aleikum (ou As-Salamu Alaikum)!!!


Este é um cumprimento árabe no qual aprendemos para nos saudar quando nos encontramos; como um gesto de dizer "que a paz esteja convosco".

E tem como resposta: Waalaikum As-Salaam ( ou Waalaykumussalaam), "e sobre vós a paz também".


Oman... ahhhh um país que nos deixou saudades.


É um país da Península Arábica composto por deserto, rios e uma faixa litorânea do Golfo Pérsico (Golfo Árabe) que possui como vizinhos países como Emirados Árabes, Iêmem e Arábia Saudita. Embora alguns vizinhos como Iêmem e Arábia Saudita sejam lugares de conflitos, Oman assim como Emirados Árabes são países bastante pacíficos e cheios de belezas, inclusive, quando moramos em Oman, era costume passearmos nos Emirados Árabes (estará no meu próximo artigo, aguardem!!).


Oman vive em sistema de monarquia liderado pelo seu Chefe de Estado Sultão Qaboos.

Quanto a religião, o povo Omani é na sua maioria Muçulmano (Islâmico)… há também alguns poucos hindus devido a concentração de indianos na  região, até mesmo cristãos pela presença de muitos estrangeiros. Anualmente, o nono mês islâmico é bastante esperado pelos muçulmanos, é o mês do Ramadan. Durante todo esse mês, eles praticam o jejum durante o dia voltando a fazer as refeições somente após o pôr do sol. O jejum não está relacionado apenas com alimento, mas também com sexo e coisas materiais. O jejum é um ato de devoção, persistência e sacrifício em nome de Deus, quer dizer “Alá ou Aláh” em árabe, que permite o crescimento espiritual, união familiar e o perdão dos pecados. Todas as pessoas de outras religiões que vivem no local, mesmo não praticando o jejum, precisam respeitar o ato não se alimentando em locais públicos.

Omanis reunidos frente a Mesquita

O turismo é uma área que está em forte crescimento, muitos lugares para se visitar com finalidade desde conhecer, experimentar os costumes como visitações em Mesquista, mercados de compras, restaurantes, até passeios no deserto, tours com camelos, embarcações, Resorts e praias.

Os turistas são bastante atraídos pelos centros de compra, os chamados Souk, onde há muitas lojas de vários ramos: tecidos, roupas, utensílios para casa, móveis, eletro-eletrônicos, e jóias. As lojas de ouro e as de tecidos são normalmente procuradas; o ouro é vendido por peso, e mesmo seu valor não sendo muito  barato, ainda assim, comparado aos outros países, vale a pena comprar. E os tecidos então? Seda? Tem em grande quantidade e variedade, um mais bonito que o outro.


Oman é um país acolhedor e adora receber bem os estrangeiros que vão passear ou mesmo morar a trabalho, mas mesmo sendo receptivos e tolerantes muitas vezes aos costumes dos estrangeiros, é recomendado sempre respeitar as regras e valores do país que se está inserido. Nós como mulheres precisamos avaliar as vestimentas para não expor o corpo visto que lá o costume é usar Abaya, uma roupa preta que cobre todo corpo da mulher omani juntamente com o lenço no cabelo. Uma mulher estrangeira não precisa usar a Abaya diariamente apenas em lugares que exigem a vestimenta como no caso de visitação às Mesquitas, mas no dia-a-dia, somos orientadas a usar roupas mais longas e discretas em lugares públicos.


Um país de calor excessivo... 40, 50 graus fácil! Na época do frio, as temperaturas ficam mais amenas na casa dos 20 graus, mas nas montanhas pode até nevar. Interessante né? Como pode um lugar tão quente ter um período, mesmo que curto, onde nos picos das montanhas podem nevar? Mas neva!


Quero surpreender você pelos olhos... quis apenas introduzir Oman; mas assim que ver as fotos entenderá porque dei o título desse artigo como Oman, um país surpreendente!


Vou começar pela cidade em que moramos... Sohar.

SOHAR

Sohar é uma das cidades do interior de Oman, e já foi considerada uma das maiores do país devido a presença de um grande e importante porto existente há um tempo atrás. Hoje ela não é mais considerada a maior cidade da região, mas está inserida em uma região de grande crescimento com portos, aeroportos, turismo e novos negócios.

Portal de Sohar

A região oferece alguns pontos turísticos normalmente visitados por aqueles que querem conhecer o costume e tradição dos Omanis: há muitas Mesquitas espalhadas em toda cidade, bem como salas reservadas para orações (Prayer Room) mas nem todas permitem acesso aos estrangeiros, vale verificar antes de se inserir. Essas salas de reza são encontradas em vários lugares onde há circulação de pessoas, como por exemplo, shopping center, galerias, lojas, centros de compra enfim, se há pessoas circulando, há em algum lugar uma Prayer Room a espera dos religiosos nos horários diários de reza.


O mercado de peixes também passa ser uma atração em Sohar. Quem não gostaria de ter a possibilidade de peixes frescos com grande variedade a preços bons todos os dias?

Mercado de peixes

A cidade é marcada por contrastes... deserto de um lado e praia, mar de outro.


O deserto traz muitas belezas e histórias; o verde das plantas e árvores nativas quebram os tons de marrom e bege que predominam por lá, as formações diferentes muitas vezes são fruto dos acontecimentos como ventos e passagem de água na época das chuvas. Nessa época formam os Wadis, conhecido como o caminho das águas… águas das chuvas e fontes que escorrem das montanhas e se canalizam em canais (caminhos).

Quando chove, as águas descem das montanhas com muita força, formando correntezas como as de rio, devastando o que estiver em seu caminho. É comum recebermos alertas sobre locais que deve-se ter atenção ou mesmo não frequentar. Isso deixa marcas no local que, embora lembre uma força perigosa das águas que se passaram, muda o ambiente com a presença de novas plantas e modificação da natureza. Os Wadi´s enchem com grande facilidade; podem carregar pedras, pedaços de rochas, árvores e tudo o que encontrar em seu caminho, então se estiver em região de Wadi e avistar mudança de tempo para chuva, saia rapidinho dali!!!


Visitamos um Wadi que fica há 2 horas e meia aproximadamente de Sohar, o Wadi Bani Awf, neste dia ainda havia um pouco de água das chuvas anteriores mas deu para sentir o frescor e alegria das cores em meio a natureza. O caminho até o topo da montanha é tortuoso e requer bastante atenção mas há lindas recompensas ao chegar lá!

Estão vendo o animal de pelagem marrom na foto acima? É uma espécie de ovelha/carneiro encontrada na região, conhecida como Mutton. A pelagem é apropriada para proteção ao meio em que vive, inserido no clima e ambiente desértico com árvores e plantas repletas de espinhos, e sol escaldante; sua carne é comercializada também.


Do deserto para as praias...

Nem toda extensão da praia de Sohar é boa para banho, assim como é comum em todo lugar. Algumas partes são apropriadas para embarcações e normalmente não são limpas, mas há partes em que você pode entrar e até mesmo praticar a pesca; fazíamos muito isso. Também não são todas as praias que podemos usar roupa de banho ousada (como biquinis e sungas) por ficar muito exposto a população; é preciso respeitar os valores e regras de vestimentas locais. Mas há praias mais afastadas lindas e excelentes para banho onde os turistas não precisam se preocupar tanto.


Na época em que moramos em Sohar, havia apenas um hotel internacional para frequentarmos com liberdade a piscina, sala de jogos, tomar drinks feito com base de bebidas alcoólicas (bebidas proibidas), dançar e assistir shows; hoje há outros hotéis excelentes.

E nesse hotel que frequentávamos, o Crowne Plaza, até curso de massas e pães fizemos eu e um grupo de mulheres; foi minha primeira experiência com mulheres de vários países. Pude praticar a língua inglesa e aprender muitas receitas que utilizo até hoje. Quanta saudade viu?

No final fizemos uma competição entre as participantes onde o desafio era criar uma receita que unisse sabor e apresentação do prato. E olha eu ali... para minha surpresa fui escolhida pelo Chefe do hotel e colocaram minha receita como receita do mês. Que honra! Mas quem gostou mesmo foi meu marido que sempre podia provar as receitinhas novas durante o curso rsrs


Cooking Class

Muitos amigos fizemos, alguns estão em Sohar... alguns como nós, voltaram para o Brasil, outros desbravando novos países. Muita saudade e boas lembranças ficaram na mente e no coração. Voltei com meu filho Enzo na barriga para tê-lo no Brasil e aqui permanecemos.

Difícil resumir um lugar que tem tanto para mostrar e ensinar... prefiro então continuar falando pelos "olhos!".

Essa henna desenhada em mim, foi feita totalmente à mão livre pela linda omani que está comigo na foto acima. Fui até a casa dela para ter a experiência local, ganhei uma linda henna e ainda confraternizamos com um almoço entre mulheres da família. Foi uma tarde para não se esquecer. Detalhe, apenas uma falava um pouco de inglês... e como nos entendemos? Ah, onde se há carinho a gente se entende de todo jeito, mímicas, olhar...


Outra cidade que frequentávamos era a capital de Oman, Muscat.


MUSCAT

Muscat é a capital de Oman e assim como Sohar é cercada de deserto e montanhas. É uma cidade evoluída misturando montanhas e deserto com shopping centers, lojas de luxo, galerias, escolas, hotéis e grandes Mesquitas.

A grande Mesquita do Sultão Qaboos é uma das mais famosas e frequentadas por turistas que querem conhecer os costumes locais; é revestida de mármore com uma arquitetura bastante moderna e luxuosa, rica em detalhes e tapeçaria. Para se ter uma idéia, é nela que se encontra o segundo maior tapete do mundo feito à mão (70 por 60metros), que cobre toda a área de oração, feito exclusivamente para essa Mesquita, assim também o enorme e imponente lustre com 14 metros de altura.

Para visitar uma mesquita é importante se atentar as orientações de vestimenta; há aquelas que apenas vestindo roupas longas e cabelos presos já é suficiente, há aquelas que exigem vestimentas como as usadas localmente: para as mulheres Abaya (a roupa preta que expliquei acima) e scarf (lenço no cabelo), e para os homens, Dishdasha (roupa branca que cobre todo corpo do homem). Nessas mesquitas que exigem a vestimenta usualmente local, é comum ter um sistema de empréstimo na entrada para aqueles que não possuem.



Assim como em Sohar, há os Souk´s (centros de compras), praias e uma orla para passear, embora as de Muscat terem mais opções como shoppings, restaurantes, e lugares para visitação.

Vou reunir aqui fotos tiradas por nós, principalmente do meu marido Gustavo Bettoni que faz da fotografia, um de seus hobbies... e de uma amiga muito querida que conheci em Sohar, Aminah Yunus, que hoje está em Singapura com a família e gentilmente nos cedeu algumas fotos de Muscat de seu álbum de Oman. Aminah fez curso de fotografia e faz de seu hobbie, seu trabalho. Aminah inclusive fez o curso de massas e pães comigo, aquele que mostrei anteriormente.


Gustavo Bettoni

Aminah Yunus

Obrigada @gabettoni e @aminahyunus por trazerem de volta as linda lembranças em formato de imagem.


Fotos de Gustavo Bettoni.


... mais fotos...

Fotos de Aminah Yunus


Ahhhh, como é bom recordar... meu coração embora com saudades transborda de felicidade em poder sentir de novo o sentimento bom que Oman nos traz, um lugar que um dia foi nossa segunda casa.


E praias lindas tem? Claro que tem!!!

Oman tem lindas praias, algumas mais reservadas outras escondidinhas... mas quero mostrar uma em particular... a de Sur.

SUR

Sur é uma outra cidade de Oman rica em belezas naturais; as praias aos redores são belíssimas, as águas límpidas, de tons azuis-esverdeados que causam grande encanto. Minha impressão daquele lugar foi: "Como Deus pode ter feito tantas obras contrastantes e ao mesmo tempo complementares!!!" Simplesmente Lindo, Divino!


Fala sério hein? Quem diria que ao lado de um deserto seco e quente haveria tamanha beleza repleta de águas cristalinas azuis-esverdeadas e uma natureza complementar incrível?

A noite em Sur

Essa foto apelidamos de "O Navio Fantasma"... simplesmente linda!


Planejamos voltar um dia a Oman... precisamos apresentar ao Enzo, afinal ele veio de lá né? Insha'Allah que iremos!! ( expressão para "Se Deus quiser")


Finalizo aqui nos cumprimentos de árabes:

Alḥamdulillāh! (expressão muito comum usada entre os árabes para dizer: Deus seja Louvado, Louvores ao Senhor ou ainda, Obrigado Senhor, a Benção do Senhor )


#oman #omã #viagemdossonhos #sohar #muscat #sur #beach #desert #praislindas #deserto #belezasnaturais #prais #aprendizado #vivências

#pcd #vidadepcd #inclusão #viagens #blog #blogdavivibettoni #desenvolvimentopessoal

0 visualização

© 2019 por Vivi Bettoni